Glossário

Empresa de Alto Crescimento (EAC): Empresa com crescimento médio do pessoal ocupado assalariado de pelo menos 20% ao ano, por um período de três anos, com 10 ou mais pessoas ocupadas assalariadas no ano inicial de observação.

Empresa de Alto Crescimento Orgânico (EAC¹): Empresa de alto crescimento, que aumentou o pessoal ocupado assalariado em decorrência de novas contratações no período de observação. Exclui as empresas que aumentaram seu pessoal ocupado em decorrência de mudanças estruturais (cisão, fusão ou incorporação).

Startup de Alto Crescimento (SAC): Empresa de alto crescimento total ou orgânico com até cinco anos de idade no ano final de observação e, portanto, com no máximo cinco anos de idade.

Idade Média das Empresas: Razão entre o somatório das idades das empresas ativas no ano de referência e o total das empresas ativas no ano.

Pessoal Ocupado Assalariado (POA): Pessoas efetivamente ocupadas em 31.12 do ano de referência do Cadastro Central de Empresas (Cempre), incluindo pessoas com vínculo empregatício formal, assim como aquelas sem vínculo formal, como membros da família e cooperativados com atividade na unidade.

Pessoal Ocupado Total: Pessoas efetivamente ocupadas em 31.12 do ano de referência do Cadastro Central de Empresas - Cempre, incluindo pessoas assalariadas com e sem vínculo empregatício, bem como proprietários e sócios com atividade na unidade.

Produtividade Média: Razão entre o valor adicionado e a população ocupada assalariada no ano de referência.

Receita Bruta: Receita bruta proveniente da exploração das atividades principais e secundárias exercidas pela empresa, sem deduções dos impostos e contribuições (ICMS, PIS/Pasep, IPI, ISS, Simples Nacional, Cofins etc.), das vendas canceladas, abatimentos e descontos incondicionais. Os indicadores são medidas anuais, equivalentes à R$ 1.000,00.

Receita Operacional Líquida: Receitas brutas provenientes da exploração das atividades principais e secundárias exercidas pela empresa, com deduções dos impostos e contribuições (ICMS, PIS/Pasep, IPI, ISS, Simples Nacional, Cofins etc.), das vendas canceladas, abatimentos e descontos incondicionais. Os indicadores são medidas anuais, equivalentes à R$ 1.000,00.

Receita Total: Cálculo de acordo com o âmbito do setor de atividade ao qual pertence a empresa. Os indicadores são medidas anuais, equivalentes à R$ 1.000,00.

Salários, Retiradas e Outras Remunerações (total): Soma das importâncias pagas no ano a título de salários fixos, pró-labore, retiradas de sócios e proprietários, honorários, comissões, ajudas de custo, 13o salário, abono de férias, gratificações e participações nos lucros (quando não resultantes de cláusula contratual). Não são deduzidas as parcelas correspondentes às cotas de previdência social (INSS), recolhimento de imposto de renda ou consignação de interesse dos empregados (aluguel de casa, contas de cooperativas etc.). Não estão incluídas as diárias pagas a empregados em viagens, honorários e ordenados pagos a membros dos conselhos administrativo, fiscal ou diretor que não exerçam qualquer outra atividade na empresa, indenizações por dispensa incentivada e participações ou comissões pagas a profissionais autônomos. Os salários, retiradas e outras remunerações são investigados segundo os pagamentos ao pessoal ocupado assalariado ligado ou não à produção e ao pessoal ocupado não assalariado (proprietários e sócios). Os indicadores são medidas anuais, equivalentes à R$ 1.000,00.

Valor Adicionado Bruto: Diferença entre o valor bruto da produção e o consumo intermediário. Refere-se ao valor que a atividade agrega aos bens e serviços consumidos no seu processo produtivo. Os indicadores são medidas anuais, equivalentes à R$ 1.000,00.